Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206

Warning: date() [function.date]: It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected 'America/Sao_Paulo' for 'BRT/-3.0/no DST' instead in /home/oitimba/public_html/article.php on line 206
Notícias de Timbiras


Membros

Usuário
Senha
Relembre-me

Notícias de Timbiras

MP pede e Justiça obriga Fabrízio a desfazer transferência de alunos na zona rural de Timbiras

Publicado: Jul 22, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras

A promotora de Justiça, Linda Luz Matos Carvalho  (a mesma que denunciou Zito e Guilherme à Justiça conseguindo a cassação de diploma, anulação de votos e a inelegibilidade de ambos em Codó), desta vez atuando na Comarca de Timbiras, durante as férias do promotor Ricardo Misko Campineiro, conseguiu decisão da Justiça favorável aos alunos do povoado Lagoa Grande e desfavorável ao prefeito Fabrízio do Foto.

Ocorreu que após receber várias denúncias de que o prefeito de Timbiras, por meio da Secretaria de Educação, teria transferido 150 alunos de uma escola estruturada (na Lagoa Grande) para vários locais (casas de taipa e uma igreja) noutro povoado chamado Morro Branco, sem qualquer justificativa plausível, a própria promotora foi visitar os dois povoados e constatou a insatisfação de pais e alunos, falta de merenda e a precariedade dos locais onde foram jogados os estudantes.

PROMOTORA VISITOU OS POVOADOS

Sobre a escola de Lagoa Grande a promotora escreveu na ação civil pública levada ao conhecimento da juíza, Daniela de Jesus Bomfim Ferreira:

“Restou constatado que há mais de 60 anos funcionava a  escola Horácio Barbosa Maciel no Povoado Lagoa Grande, que atendia  aproximadamente 150 (cento e cinquenta) alunos da pré-escola e do ensino  fundamental. O prédio apresenta amplas salas de aula, banheiros, ventiladores,  bebedouros e água encanada e, conquanto não ostente condições ideais, apresenta estrutura melhor do que a oferecida pelos imóveis do povoado Morro Branco”.


Já sobre as condições em que as crianças foram jogadas em Morro Branco, descreveu:

“Conforme relatório de inspeção anexo, atualmente os alunos  do povoado Lagoa Grande foram transferidos para seis imóveis no povoado Morro  Branco, entre os quais há casas de taipa e uma igreja evangélica. Os prédios  apresentam péssimas condições, não possuem banheiros, nem bebedouros, tampouco dispõem de local apropriado para preparar e servir a merenda escolar”, disse a peça inicial da promotora

Linda Luz Matos Carvalho, provando tudo em fotos e depoimentos dos prejudicados colhidos por ela in loco e sua equipe de inspeção,  pediu em caráter de liminar (urgente) que a Justiça determinasse o retorno das crianças para a escola, melhor estruturada, de Lagoa Grande e providências mais urgentes ainda sobre a regularização da merenda escolar que estava faltando em pleno mês de junho (ação do MP data de 21 de junho).

DECISÃO DA JUÍZA

A juíza, Daniela de Jesus Bonfim Ferreira, titular da comarca de Timbiras, acolheu o pedido de liminar do Ministério Público Estadual e determinou que o prefeito Fabrízio do Foto transferisse imediatamente as crianças de volta à Lagoa Grande sob pena de multa diária de R$ 10.000,00. Além disso, deu 5 dias para o que o prefeito resolvesse a falta de merenda escolar, também sob multa de 10 mil reais por dia não cumprido.

“Determinar ao município de Timbiras, na pessoa do prefeito municipal, que, em caráter de prioridade, proceda a imediata transferência dos alunos do povoado Morro Branco para a escola  do povoado Lagoa Grande, sob pena do pagamento de multa diária de R$ 10.000,00 (Dez mil reais) e ainda que adote as providências legais cabíveis, no prazo de 5 (cinco) dias, visando o fornecimento de merenda escolar aos alunos matriculados na pré-escola e no ensino fundamental da rede municipal dos povoados de Morro Branco e Lagoa Grande, também sob pena do pagamento de multa diária de R$ 10.000,00” sentenciou Dra. Daniela Ferreira.

fonte: blog do Acélio Trindade



Vereadores de Timbiras pedem investigação de contratos e licitações de Fabrízio ao Ministério Público.

Publicado: Jul 12, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras
Os vereadores José Chagas Rodrigues Almeida e Wilson Gonçalves Vieira protocolaram dia 09 de julho de 2013 (data de recebimento com carimbo da Promotoria que aparece na cópia documento enviado ao blog) uma representação contra o prefeito Fabrízio do Foto no Ministério Público Estadual.


prefeito Fabrízio

Os vereadores, que formam a oposição na Câmara,  pedem abertura de uma investigação ( no texto original chamado de ‘inquérito’), sobre alguns contratos cujos números não foram citados na representação. Os parlamentares definiram ‘pontos’ a serem alvo do Ministério, descritos da seguinte forma e  ordem:

  • O grande intervalo entre as datas de realização das licitações e suas respectivas publicações;
  • A licitação sobre a Reforma das Escolas Municipais, já que, não foi, até a data de hoje, prestado o serviço licitado;
  • Suspeita de superfaturamento no contrato de recuperação da estrada vicinal que dá acesso ao povoado CAMPESTRE;
  • O valor exorbitante de algumas licitações, como exemplo,  a licitação de publicidade e eventos;
  • Suspeita de que algumas empresas vencedoras do certame pertencerem à membros da família do senhor prefeito.

Ao final,  Zé Chagas e Wilson Vieira, como são popularmente conhecidos em Timbiras, pedem as ‘providências cabíveis” por parte do promotor de Justiça, Ricardo Misko, que ainda não se manifestou a respeito.

fonte: blog do Acélio


Comerciantes timbirenses clamam por solução urgente: "Dinheiro não está circulando na praça"

Publicado: Jul 11, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras
Em conversa com alguns comerciantes timbirenses, eles foram unânimes em reclamar da crise e pedir uma solução urgente para o abalo que hoje balança o  setor no município. O gerente de uma loja foi incisivo: "A gente tem sentido muito a queda nas vendas, da ordem de até 40%. Não sabemos como resolver porque nunca vimos uma falta de dinheiro como essa na cidade”, disse.


A não realização de obras públicas e até a situação de moradores que tem deixado a cidade foi apontada como fatores fundamentais para a falta de dinheiro, conforme apontaram vários comerciantes no contato com a nossa reportagem: “A prefeitura não investe em obras e com isso não há geração de empregos”, relatou um proprietário de comércio do ramo de alimentos.

Já uma feirante opinou que a situação no comércio local já esteve melhor: " Há dois, cinco, oito anos atrás era melhor o comércio. O que pesa ainda mais é que, apesar da crise e do desemprego, os impostos e os gastos gerais continuam os mesmos", comentou ela.


Prefeito de Timbiras, leva vereadores da oposição no velho "banho maria".

Publicado: Jul 11, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras
O prefeito de Timbiras, Fabrizio do Foto, anda em maus lençóis, hoje pela manhã tive a informação de que os vereadores da oposição querem entrar com pedido na promotoria da cidade, para acompanhar como estão sendo feitas as licitações do município. A coisa para os timbirenses não tem funcionado como deveria por parte da família foto, os três vereadores da oposição querem ter acessos aos contratos das licitações: José Chagas (PR), Vilson Vieira (PR) e Neguinho Flores (PT) subiram a tribuna na ultima sessão e soltaram os cachorros em cima de Fabrizio.


Câmara municipal de Timbiras

PROMOTORIA NO CASO.

Os três parlamentares pretendem ir ainda esta semana até a promotoria de justiça, pedir para que o órgão entre no caso, os vereadores reclamam principalmente dos valores que estão sendo gastos com shows na cidade.

A ESPERA DO SITE DA PREFEITURA.

Os vereadores quando indagaram ao executivo sobre as licitações desde o inicio do governo, foram informados de que todas as informações estariam liberadas no site da prefeitura do município. Na sessão de segunda feira (08/07) o prefeito Fabrizio enviou um oficio dizendo novamente que as informações estariam mais uma vez liberadas no site da prefeitura. Até hoje esse possível site nunca disponibilizou as informações, até porque não existe mesmo esse tal site, enquanto isso os  nobres edis timbirenses ficarão a espera.

fonte: blog do de sá

Manifestantes de Timbiras demonstram consciência de direitos e da situação que enfrentam.

Publicado: Jul 6, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras
Jovens estudantes timbirenses demonstraram bastante consciência da situação que enfrentam há bastante tempo no município e concentraram seus reclames para dar ao atual gestor a exata noção do que desejam como melhoria.


O jovem Antonio Lima, por exemplo, destacou a situação dos estudantes timbirenses na cidade e na zona rural.

“Falta de educação, falta de merenda escolar na cidade e na zona rural, as crianças estudando em multisseriado nas escolas do interior, crianças de seis anos andando em carro pau-de-arara e a gente está satisfeito com a mobilização. O povo sábio vem as ruas não pedir, mas exigir o que precisa para si e para o município”, disse Antonio

Para Roberto Tavares a população mostrou que é consciente de seus direitos.

“A gente quer apresentar propostas mostrando que a população de Timbiras também é capaz de  pensar, de participar, ainda que não tenha sido convocado para participar”, disse.


PARENTES NA PREFEITURA

Edivaldo Portácio, um dos líderes do movimento que chamou a atenção dos políticos em frente à Prefeitura, sobretudo,  criticou o fato de parentes do prefeito Fabrízio do Foto ocuparem cargos no primeiro escalão do governo

“Quem votou neles foram os timbirenses então os timbirenses têm direito de trabalhar aqui no município”, destacou

Após entregar uma pauta de reivindicação ao secretário de Administração, Manoel Rocha, Edvaldo garantiu que a manifestação pode voltar a ocorrer após 30 dias que Fabrízio terá de prazo para mostrar que tem, ao menos, interesse em mudar a realidade reclamada.

“Pra que ele possa tomar as providências e corrigir todos os erros, caso ele não cumpra nós vamos voltar a nos manifestar e se for cumprido somente uma parte também voltaremos a nos manifestar”, garantiu

Fonte: blog do Acélio



Fabrízio do Foto e vereadores se manifestam sobre morte de Cabo Moreira.

Publicado: Jun 13, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras

A denúncia  feita pela imprensa sobre o abandono de autoridades timbirenses para com a PM e  coma família de Cabo Moreira, morto dia 4 de junho por um bandido em Timbiras, tocou o coração de muita gente, inclusive dos reclamados.

Soubemos por meio de familiares do policial morto que os vereadores se manifestaram e até o prefeito Fabrízio do Foto apareceu.

Liguei então para o comando da PM no intuito de saber até que ponto a informação que eu havia recebido tinha procedência verdadeira. Consegui conversar com o major Jairo Xavier da Rocha que confirmou as manifestações.

Por volta das 11h30 da manhã de ontem (12) os 11 vereadores de Timbiras entregaram no Pelotão da  vizinha cidade uma moção de solidariedade direcionada à corporação da Polícia Militar e aos familiares de cabo Moreira.


FABRÍZIO APARECEU

Depois das 13h, Jesus também tocou o coração do meu prefeito Fabrízio do Foto. Ele procurou o Quartel da PM em Codó e foi levado pelo alto escalão do comando ( major Xavier e capitão Ricardo de Carvalho), até a casa da família do policial assassinado.

Fabrízio aceitou ir na viatura da PM e ao chegar  na residência apresentou suas justificativas aos parentes pedindo desculpas pela ausência, inclusive no velório e enterro.

O prefeito de Timbiras também pagou a dívida de R$ 2.000,00 do funeral, segundo confirmou o comandante da Nona Companhia Independente.

Por tudo isso, hoje não tem críticas porque o homem que erra, reconhece e  conserta tal erro não merece. Vou finalizar este post, na verdade, parabenizando ao prefeito pela atitude e aos vereadores que também se manifestaram, ainda que tardiamente.


Fonte: Blog do Acélio



PERIGO: Criança de 4 anos morre vítima de Meningite Meningocócica em Timbiras

Publicado: Jun 13, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras

Uma menina de 4 anos de idade morreu ontem (12), na cidade de Timbiras, 4 horas depois de ter dado entrada no Hospital Geral com sintomas de Meningite Meningocócica – febre de 38 graus, dor de cabeça e rigidez da cabeça e pescoço (quando a criança não consegue tocar o queixo no peito).

O fato foi confirmado hoje (13) pela manhã pelo enfermeiro Zezito, ao vivo, no programa Cidade Notícias da FCFM, apresentado pelo jornalista Alberto Barros.

Juliane Beatriz evoluiu para a fase final da doença que é a morte por  coma cerebral, em tempo recorde.


MEDIDAS URGENTES

De acordo com o enfermeiro timbirense, as medidas de contenção da doença já estão sendo tomadas. Todas as pessoas que tiveram contato íntimo com a criança ( aquelas que estiveram próximas ao falar, espirrar ou torci da garota)  estão e serão  vacinadas.

Isso inclui a família, os colegas, pessoas da igreja onde Juliane esteve nos últimos quatro dias e todos os profissionais de saúde que estiveram com ela enquanto esteve hospitalizada.

O enfermeiro acalmou a população do município que chegou a fazer tumulto em frente ao hospital querendo vacinação depois que a notícia e uma foto da menina já morta vazaram. Segundo Zezito, não há motivos para pânico uma vez que só está no grupo de risco de ter contraído a forma bacteriana da doença que matou Juliane quem teve contato íntimo com ela durante o período de incubação.

Por precaução uma investigação técnica está em andamento para identificar e imunizar, com a ajuda do governo do Estado, todas essas pessoas.

MONITORAMENTO

A Secretaria  Municipal de Saúde também vai monitorar a cidade pelos próximos 10 dias com maior rigor porque este é o tempo que se alguém pegou a Meningite Meningocócica bacteriana, forma mais grave da doença, certamente desenvolverá os sintomas e poderá entrar em tratamento.

Se houver um surto, o Ministério da Saúde também intervirá no caso imediatamente.

fonte: Blog do Acélio


PURO DESCASO – Autoridades timbirenses abandonam PM e família de cabo Moreira num momento de grande dor

Publicado: Jun 12, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras

A revolta é geral entre os policiais militares, sobretudo entre os que militam na cidade de Timbiras, e a família do cabo Manoel Domingos Miranda Moreira, 38 anos, assassinado por um bandido na noite do dia 4 de junho de 2013.

Ocorre que da cidade onde o cabo trabalhava não veio sequer uma condolência por parte das autoridades municipais. O cidadão Moreira morreu defendendo os timbirenses de alguém acusado de tráfico de drogas e de outros crimes, mas nem isso comoveu qualquer dos senhores que dizem representar o povo do município.

Os vereadores da Câmara desapareceram, o prefeito da cidade, senhor Fabrízio do Foto, nem ao velório compareceu. Seus secretários municipais ninguém sabe por onde andam.


De acordo com informações colhidas pelo blog, apenas uma igreja evangélica da cidade enviou condolências à corporação e aos familiares, ninguém mais.Nem coroas de flores foram enviadas (havia apenas duas – uma do Poder Judiciário e outra da própria Polícia Militar).

DÍVIDA DO VELÓRIO

Além da dor do abandono afetivo sofrido por todos num momento muito difícil, que se constitui, sem qualquer dúvida, num desrespeito, numa falta de humanidade sem tamanho a definir, os parentes do cabo ainda ficaram com uma dívida da ordem de R$ 2.000,00 por conta de seu enterro com a funerária.

Até agora, quem tem manifestado vontade de ajudar é o prefeito de Codó, Zito Rolim, mas o prefeito de Timbiras, Fabrízio, onde  cabo Moreira entregou sua vida em defesa dos munícipes, nunca deu as caras, segundo policiais e  familiares.

Quando todos (policiais, amigos, parentes) falam sobre isso, demonstram indignação, revolta e, simplesmente, não conseguem entender o que de mal pode ter feito o defensor da sociedade, MOREIRA, às autoridades timbirenses.

Concordo com os reclamantes. É revoltante.

Fonte: blog do Acélio



Zé do Mato volta a atacar e acaba preso pela PM após furtar moto em Timbiras

Publicado: Jun 12, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras

O mestre em furto de motocicletas, José Francisco Farias Xavier, vulgo Zé do Mato, de 24 anos, está de volta à região dos Cocais, depois de longa temporada preso no Centro de Ressocialização de Pedreiras (penitenciária regional).

Velho conhecido da PM e da Polícia Civil de Codó e Timbiras, Zé do Mato, voltou a aprontar das suas especialidades – furtar motocicleta da marca BIZ 100.

Ontem (11), por volta do meio dia, Zé aproveitou o descuido de uma cidadã timbirense na porta do Banco do Brasil, ligou a moto diretamente via contato e fugiu pela MA-026 rumo a Codó, sua terra natal.


A Polícia Militar foi acionada e acabou encontrando o suspeito na estrada. Zé, claro, caiu no Mato, abandonando a moto às margens da rodovia. Cabo Gladston e os policiais Aurélio e Menezes passaram cerca de uma hora embrenhando-se na mata dos Cocais na cassa à Zé do Mato até prendê-lo.

DINHEIRO NO BOLSO

Com ele encontraram R$ 406,00. De acordo com informações do Xerife, Sena Freitas, a polícia desconfia que este dinheiro seria o pagamento pela moto furtada.

“A polícia acredita que este dinheiro seja de alguém que deu pra ele roubar essa moto, ou seja, a pessoa já tinha pago a moto pra ele”, explicou o Xerife

Antes de ser preso em Pedreiras furtando, seu  José Francisco Farias Xavier, teve o nome ligado, à época pelo delegado Rômulo Vasconcelos em entrevistas à imprensa, a pelo menos 12 motocicletas furtadas em Codó e Timbiras. Zé do Mato já está na carceragem codoense à disposição da senhora Justiça, agora  só com saudade do mato.



Festas das Mães e Copa Jupira movimentam o bairro de São Sebastião

Publicado: May 16, 2013 por admin Arquivado em: Notícias de Timbiras

O último domingo, 12, foi muito movimentado na cidade de Timbiras, principalmente no bairro de São Sebastião com a comemoração do dias das mães.

O ex-vereador Mixirico mais uma vez comanda a organização da copa Jupira e também a distribuíção de prêmios às mães timbirenses.


Essa foi a 14ª edição da copa Jupira realizada na cidade, e dessa vez contou com a presença de amigos e colaboradores ilustre, dentre eles: Edivaldo Torres (irmão do ex-vereador Mixirico, que ajudou financeiramente), calorman, João do Bina, vereador Antonio Francisco, ex-vereador Livaldo José, Dep. Ricardinho Archer e Dr. Gledson Frazão.

Após a realização do futebol, foi a vez das mães que estavam em grande número e que foram presenteadas com vários brindes. A organização do evento estipula em duas mil pessoas presentes ao evento deste ano. Toda essa movimentação foi embalada pelo banda timbirense Forró Suado.

O ex-vereador Mixirco, mesmo sem mandato continua trabalhando em prol do povo timbirense, em especial o do bairro de São Sebastião.

Veja mais fotos do evento:








Página 1 de 12